Vestra Café

Artigos escritos especialmente para especialistas e apaixonados por café especiais!

Com açúcar

Por Anderson Gonçalves

Vejo muitos profissionais do café criminalizando o uso do açúcar no café especial. Já fui desses, confesso.

Mas hoje consigo perceber o quanto isso é insignificante .Quando falo em quebrar paradigmas do café especial, talvez o uso do açúcar seja o maior deles, ao lado de não ferver a água (esse segundo merece um post exclusivo). Crescemos tomando cafés de qualidade inferior, com torras excessivamente escuras (pra não dizer carbonizados), a fim de mascarar defeitos e impurezas do café de gôndola. Isso por anos ditou e ainda dita nosso paladar. Quem nunca disse que gosta de café forte que atire a primeira pedra.

Quando falo sobre o “café forte”, falo sobre raízes, sobre memórias afetivas e gustativas. É como se nos teletransportasse-mos para a casa de nossos avós. Fomos acostumados com o café forte, mas com açúcar para equilibrar. No coador de pano, ás vezes no fogão a lenha.

Quantas histórias e casos foram contados ao sabor de uma xícara de café, adoçada. Quantas lembranças isso nos traz…

Além disso, considero contraditória a ditadura do não uso de açúcar no café especial, mas oferecer um brownie, um cookie ou outra guloseima qualquer para acompanhar (o que por sinal, pra mim é a definição de um mundo perfeito). Adicionam ao café especial leites, raspas de limão, chocolates, canela e um tanto de outras coisas. Por que não o açúcar?

Hoje costumo orientar as pessoas a reduzirem a quantidade de açúcar, gradativamente, até encontrar o ponto onde mais agrada o paladar. O resto, é automático.

Café especial não necessariamente precisa ser o café sem açúcar. Café especial precisa ter alma, ter história ser sustentável e principalmente, ser o que você quer que ele seja!

Um ótimo café, se preferir, com açúcar!

Leia outros posts

O Coador de Pano

Queridinho de muita gente, o coador de pano esta presente na …

Ferva a água

No mundo do café especial, existem os chamados mitos, que por …

Deixe um comentário

Rolar para cima